O que é Criatividade por Assinatura (CaaS) e o que a Bolt tem a ver com isso?

TL;DR

A qualidade do criativo é crucial, influenciando até 75% do sucesso das campanhas. Equipes enfrentam sobrecarga e atrasos, enquanto soluções tradicionais como agências e freelancers são limitadas. Creative-as-a-Service (CaaS) oferece escalabilidade e flexibilidade ideais para suprir essas necessidades de forma eficiente e econômica.

Até 75% do desempenho de uma campanha é determinado pela qualidade e variedade dos criativos – em tempos de atenção limitada a criatividade é a chave para quebra de padrões que despertam a atenção do público.

Com mais canais, nichos e concorrência do que nunca, o criativo (na figura daquele anúncio de todo dia) alimenta os motores de marketing para otimizar as taxas de cliques, trafego, captura de leads e vendas que como sempre, é o que de fato impulsiona o crescimento de qualquer empresa.

Neste cenário, um problema nos é muito familiar:

Equipes de criação cada vez mais sobrecarregadas pelo volume e urgência dos pedidos. Como resultado, a estratégia criativa é feita as pressas, atividades de menor prioridade são adiadas e não sobra tempo para projetos mais bem pensados e estruturados.

A terceirização nesse contexto é uma alternativa lógica. No entanto, agências e freelancers são soluções parciais e não se sustentam à longo prazo. Isso porque, basicamente, eles simplesmente tem as mesmas limitações físicas e de habilidades para diferentes formatos e estilos de mídia que uma equipe interna possui. Assim, uma hora ou outra, fatalmente irão engargalar da mesma maneira incorrendo nos mesmos problemas; falta estratégia criativa, velocidade e volume para diferentes versões, canais e dimensões de cada posicionamento em criativos de anúncios e campanhas diretamente relacionados a performance nas diferentes etapas do funil de crescimento.

O risco eminente na mentalidade dos líderes de marketing é simplesmente achar que tudo isso “é assim mesmo” – deixando (muito) resultado na mesa.

Mas nem tudo está perdido, existe luz no fim do túnel:

Existe uma maneira melhor e mais inteligente de lidar com a necessidade por talentos criativos, que prevê e resolve com genial simplicidade as questões deste cenário caótico: Apresentamos, Creative-as-a-Service (CaaS) ou como chamamos por aqui, Criatividade por Assinatura. A ideia central é perfeitamente ilustrada pela frase “você não precisa da furadeira, você precisa do furo na parede”, na visão de um líder de marketing é o interesse e o foco pelo resultado, com eficiência de custos e recursos (seu core-business não é produzir publicidade – então pra que pagar o custo dessa estrutura?), o valor está no uso e não na posse.

O valor do design na receita

Tratamos design como uma ferramenta para resolver problemas de comunicação, não importa o formato. Uma pesquisa que acompanhou durante dez anos as 500 maiores empresas listadas na maior bolsa de valores do mundo revelou que, dentre elas, empresas orientadas pelo design valorizaram suas ações em incríveis 211% mais que as demais. Outra pesquisa realizada pelo Google revela que quase 75% do desempenho das campanhas, não se dá pelos botões e configurações dos painéis das contas de anúncios e sim pela qualidade do criativo veiculado.

Lideres de marketing e criação compartilham frustrações semelhantes com relação a gargalos de design, porém sobre perspectivas diferentes.

A disfunção ocorre quando as equipes de criação são tratadas como chefs de cozinha atuando em restaurantes fast-food, com a expectativa de que isso por si só garanta a qualidade e o diferencial necessários para ganhar uma estrela Michelin.

Os atrasos causados por esse desalinhamento têm consequências que vão além de prazos perdidos. Quando você não consegue produzir criativos com qualidade e volume estratégicos, você não consegue avançar com eficiência em nenhuma outra atividade geradora de receita.

Os testes AB que permitem encontrar alavancas preciosas de crescimento e a otimização de campanhas de anúncios voltadas a resultado simplesmente não acontecem quando não se tem capacidade para produzir dezenas e até centenas de variações de criativos. A integração da comunicação em diferentes canais e posicionamentos enfraquecem a jornada de conversão quando a conceituação criativa da mensagem foi atropelada pelos prazos vencidos. Num cenário competitivo cada vez mais acirrado, você tem muito menos chances de destacar sua mensagem nas redes sociais quando não há tempo para experimentar diferentes abordagens e canais, como investir em vídeos para TikTok ou YouTube por exemplo. Os esforços de branding travam porque não há tempo suficiente para desenvolver novas diretrizes ou explorar as possibilidades de renovação e expansão da marca com a devida atenção e olhar que merecem. Enquanto houver limitação física, escassez de recursos e habilidades limitadas, o tema se repete, mesmo aumentando o quadro, estruturando uma in-house, trocando fornecedores ou aplicando métodos para melhorar o briefing.

À medida que os gargalos pioram, tensões aumentam e a moral cai, junto com a criatividade e a qualidade dos ativos de design. Demandantes sentem a frustração de pedidos não atendidos e a equipe de criação, sobrecarregada, sente cada falha com a mesma intensidade. Com o estresse mental e emocional adicional, o comprometimento com os resultados despencam, o clima pesa e as oportunidades, ainda que sobre a mesa, ficam invisíveis.

82% dos times de criação não dão conta das crescentes demandas, 2/3 deles não conseguem ser mais estratégicos devido ao excesso de demanda que excede capacidade e recursos.

Isso tudo, não é um cenário hipotético;

  • 72% das equipes criativas enfrentam dificuldades para acompanhar o volume das demandas.
  • 77% estão pressionadas por prazos vencidos.
  • 82% afirmam que o número de solicitações não para de aumentar.

Isso tudo acontece às custas da estratégia que não é pensada, qualidade da criação e resultados distantes do objetivo.

Terceirizar é Inevitável

Modelos híbridos são o novo normal, equipes internas mantém atividades mais estratégicas como concepção de campanha, inovação e exploração criativa (novas ideias, formatos e tecnologias), diretrizes visuais e de conteúdo e o desenvolvimento dos conceitos criativos para diferenciação e envolvimento com o público-alvo. Atividades como produção de conteúdo visual e gráfico, layouts web e impressos, edição de vídeos e animações, criativos e variações para anúncios, produção de materiais de apoio para vendas como apresentações, brochuras e outros são terceirizadas com agências e freelancers.

Com base nas necessidades criativas e na estrutura da empresa é que seus decisores irão definir internalizar, terceirizar ou optar pelo modelo híbrido.

Existe uma frustação crescente na terceirização com agências full-service principalmente na execução de atividades estratégicas. É por isso que cada vez mais empresas estão procurando um parceiro de design terceirizado para produção de seus ativos, mantendo frentes estratégicas mais internamente.

Agências e Freelancers são apenas Soluções Parciais

Parceiros criativos terceirizados tradicionais, como agências e freelancers, funcionam bem para projetos pontuais que exigem habilidades especializadas.

Por exemplo, você pode contratar uma agência de branding para uma renovação de marca, depois contratar um designer de web para aplicar a nova marca ao seu site e envolver outra agência para dar vida à sua nova marca nas redes sociais.

Soluções fragmentadas como essa não são apenas complicadas e caras – elas também tomam uma enorme quantidade do seu precioso tempo para garantir que tudo se encaixe.

É literalmente como trabalhar em cada peça do projeto individualmente, em vez de resolver o quebra-cabeça inteiro.

Ambos também exigem investimentos significativos de energia para seleção, integração e comunicação. Primeiro, você precisa encontrar a agência ou freelancer certo. Depois, você precisa integrá-los. Com cada solicitação um ponto de contato diferente, é quase como começar do zero todas as vezes que precisar.

Não é de se admirar que quase 40% das marcas planejem repensar como e se usarão agências nos próximos seis meses.

CaaS é um modelo, Bolt é o melhor!

CaaS extrai o melhor dos modelos de agência e freelancer – você mantém foco nos resultados, com estrutura leve, reduz custos e produz o que precisar com um único acesso.

Soluções genuínas de CaaS possuem os mesmos componentes básicos:

1. Foco no Resultado

Você não precisa necessariamente de um departamento inteiro de design, contratar agências ou freelancers. Estruturar, organizar e gerir tudo isso toma colossal tempo e energia. Pensando em performance, o que você realmente precisa são peças criativas de alta qualidade com capacidade de escala e prazos ágeis, que atendam às suas necessidades estratégicas de marketing e comunicação previstas e imprevistas.

Com a Bolt: Times de marketing que precisam de banners, key visuals, vídeos, motion graphics, web, criativos para anúncios ou quaisquer outras necessidades em ativos de design para compor suas ações de marketing se tornam mais estratégicas e focadas no resultado. Em vez de focar na contratação e gestão de uma equipe interna de designers, ter dores de cabeça com agências lentas, caras e limitadas ou encontrar freelancers pontuais para cobrir um buraco, basta assinar um plano de créditos com a Bolt, que fornece todas essas peças criativas sob demanda na qualidade e velocidade para impulsionar resultados.

2. Eficiência e Utilização de Recursos

Seja uma equipe interna de criação, seja modelos tradicionais de terceirização com agências ou freelances, todos estes modelos são limitados por habilidades específicas e capacidade produtiva já que sempre haverá um número fixo do efetivo compartilhando uma esteira de solicitações constante sensivelmente suscetível a travas geradas por qualquer prazo vencido. Todo CaaS precisa de uma plataforma tecnológica que conecte necessidades diversas de design de seus clientes à designers qualificados que reúnam as habilidades necessárias para realização dos trabalhos com qualidade. Todo intermédio e gestão dessa conexão é gerenciada pelo fornecedor CaaS.

Exemplo Prático: Com o modelo de assinatura da Bolt você e sua equipe terá acesso a um Portal do Cliente Personalizado sempre que precisar e poderá compartilhar créditos com outras marcas do grupo ou outros setores de sua empresa, como RH – sem custos adicionais ou complicações contratuais. Em poucos cliques, você poderá subir suas necessidades criativas que irão alcançar uma rede com mais de 400 profissionais especializados em diversos tipos de mídia, um ou mais deles com certeza será a combinação perfeita para o seu projeto ou demanda. Não se preocupe e continue focado, suas solicitações serão processadas, acompanhas e gerenciadas do início ao fim pelo nosso Gerente de Criatividade dedicado, ele será seu único ponto de contato e é responsável por todo relacionamento com nossa rede de profissionais e está comprometido com o seu sucesso.

3. Redução de Custos

Assinar um serviço de criatividade pode ser mais econômico do que manter uma equipe interna, contratar agências ou freelancers pontuais, cujo valores podem ser mais altos e variam sem previsibilidade.

Exemplo Prático: Na Bolt a economia de custos comparado a outras alternativas tradicionais é de em média 30%, nosso modelo prevê economia de escala, quanto mais volume, mais economia. Oferecemos planos mensais de créditos que funcionam como moedas para serem trocadas por serviços de design, esse modelo permite que as empresas prevejam e controlem seus gastos com design. Por exemplo, por um valor fixo mensal, uma empresa pode receber um número determinado de peças criativas de qualquer tipo, eliminando surpresas no orçamento.

4. Sustentabilidade

Ao optar por um serviço de criatividade por assinatura, as empresas aliviam a sobrecarga de suas equipes e contribuem para uma utilização mais eficiente e saudável dos recursos humanos, evitando o subemprego ou sobrecarga de trabalho dos designers.

Exemplo Prático: Com a Bolt, os designers podem trabalhar em múltiplos projetos de diferentes clientes, maximizando sua produtividade e criatividade. Isso promove um ambiente de trabalho mais sustentável e satisfatório para os designers, além de reduzir a necessidade de múltiplas contratações temporárias em várias empresas.

CaaS é a Escolha das Maiores Empresas de Tecnologia

Quando a primeira empresa baseada em CaaS foi fundada em 2015, no Canadá, existia o sentimento inquieto de que tinha de haver uma maneira melhor de lidar com a produção criativa em escala para um mundo em crescente digitalização, uma solução que rompesse com os modelos tradicionais, tão disruptiva quanto o SaaS que passou a processar dados em nuvem e baixou drasticamente as barreiras de entrada e acesso a inovação com custos consideravelmente menores. O Uber já havia sido inventado em 2009 e disruptou a indústria de taxis e transporte privado, um ano antes, o Airbnb (ainda com o nome por extenso – “bed and breakfast”) começava a ganhar força. Ambas empresas transformaram seus respectivos setores ao introduzir modelos de negócios baseados na “economia compartilhada”, aumentando a eficiência e a conveniência dos consumidores, ao mesmo tempo em que criaram novas oportunidades de renda para indivíduos.

Neste cenário, os modelos de terceirização e contratação de talentos criativos existentes estavam prontos para uma completa transformação. Todo o processo – desde como as solicitações de design eram recebidas e processadas até como eram executadas e entregues – tudo estava obsoleto.

Desde então, early-adopters como Amazon, PointCard, Salesforce, Google, Facebook (Meta) e muitos outros gigantes da tecnologia migraram para o CaaS para superar os gargalos de produção massiva de criativos para compor suas estratégias ambiciosas de alavancagem crescimento acelerado.

E então, CaaS também é pra você?

Estamos a disposição! Reúna seus desafios diários na produção criativa para alavancar seu crescimento; custo, prazos, limitações, volume, qualidade, gargalos – não importa – nós podemos ajudar! Agende uma conversa conosco e dimensionaremos um plano de assinatura mais adequado para o seu negócio.

Compartilhe este conteúdo com alguém:
Danilo Arato

Danilo Arato

CEO

Apaixonado por marketing, design, tecnologia e negócios. Encontrou o modelo de Criatividade por Assinatura nos EUA e vislumbrou a oportunidade de trazer o modelo ao Brasil para identificar, criar, formar e aprimorar a maior rede de talentos criativos do 3º mundo cuja criatividade é motor para sobrevivência. A missão de elevar a comunidade de profissionais mais criativa do mundo aliada à tecnologia colaborativa dos novos tempos, da origem a Bolt. O mais versátil e ilimitado serviço de geração de ativos de comunicação B2P para performance do Brasil, criado especialmente para desafogar e dar vazão às melhores ideias dos times de grandes marcas de crescimento.

Continue lendo

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Não perca nada!

Junte-se à nossa comunidade de profissionais ávidos por inovação e receba conteúdos sobre design e marketing semanalmente.

Bolt Design por Assinatura Ltda | CNPJ: 53.516.026/0001-53
Copyright © 2023 / 2024 | Todos os Direitos Reservados.